ALERTA

Mais de 200 organizações assinam nota responsabilizando autoridades pelas mortes evitáveis por Covid-19

Assine a Petição

JÁ SÃO MAIS DE 6.487.507 CASOS E 175.307 MORTES POR COVID-19 NO BRASIL

Fonte: Consórcio de veículos de imprensa (O Globo, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo) ATUALIZADO EM 04/12/2020

ENTENDA PORQUE MUITAS DESSAS MORTES PODERIAM TER SIDO EVITADAS

Em 31 de dezembro de 2019 a Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu o primeiro alerta para a doença que mudaria o mundo em 2020. A cada dia, novas informações evidenciavam sua gravidade e entidades científicas de todo o mundo apresentavam recomendações urgentes e necessárias para reduzir o seu avanço. No Brasil, o 1º caso veio a público em 26 de fevereiro. Logo, tivemos uma vantagem em relação a outros países que foram tomados por fortes surtos logo no início do ano, ou seja, tempo e informação para nos preparar para a fase mais aguda de contaminação da população.

No entanto, é lamentável que parte dos nossos governantes tenha agido com desprezo às recomendações de organizações de saúde e negado a gravidade do assunto. Com isso, chegamos à 2º posição do desonroso pódio mundial de pessoas contaminadas e óbitos registrados. Esse desrespeito intencional às evidências científicas, aliado à falta de ações, da inércia de governos e autoridades não pode ficar impune, sem que haja a responsabilização pelas mortes evitáveis que ocorreram e continuam ocorrendo.

leia mais trending_flat
Últimas Notícias

Casos de mortes evitáveis de pessoas ou populações mais vulneráveis se repetem desde o início da pandemia. Veja notícias que trazem isso à tona!